segunda-feira, março 28, 2005

A ÁGUA DE BEBER / KARKARÁ (Colonial Mentality Revisited Cruelty Mix).

- Hey!

- Tem alguem ai que possa ouvir o q tenho a dizer, esta tudo tão escuro, diga-me algo que me conforte em meio esta turbulencia q me invade junto com as tempestades e as loucuras q entremeiam-se entre as marés e as dores q estes analgesicos ja não conseguem acalmar/// só a linha do horizonte consegue propor uma esperança q se promete inatingivel como a compreenção q não consigo ter de tudo o q me cerca.....sem Deus não há esperança, naum hah mais o q acreditar e um vazio me invade feito febre na pele..... o q acreditei tornou-se minha descrença, o q deixei me preenche de vazios alimentando a chegada da loucura, q assusta-me tanto quanto a lucidez....but i'm not dead......sei q não sou do tipo de homem q vc procura, sequer consigo ser o q procuro, vou seguindo me distanciando do q quero ser, esqueçendo de mim mesmo, distraindo-me do q consigo observar visualizando os enganos q ocultam-me os erros, pintando um lay-out que não corresponde ao que realmente sou.....atravesando as ruas, cercado por muros; meio fios e o q imagino sobre os q passam carregando historias e os ledos enganos q escondem nossas espectativas sobre os outros, por onde ir para escapar das faixas de pedestres e dos semaforos q criam emprego para os guardas de transito e multas para os incautos, q recorrem dizendo não estarem ali naquele momento, nos perdemos entre o q queremos esconder e o q não conseguimos, olhos q observam soh o q interessa e se fazem cegos ao q realmente importa, como o espetaculo q substancia a divisão da produção confundindo os produtores, favorecendo quem dele se apropia, para negar a humanidade, no fantasiar dos paraisos prometidos, e na muda presença q sentimos envolver-nos neste escuro quarto aonde sentimos os anjos sorrirem e as tempestades de nossas paixões aterrorizarem os hashssasinos que vivem em nosso entorno....o q disfarçamos são nosssos desejos e a negação que damos a eles, como ser livre????....serei livre de fato, quem sou se não a parodia do q sou e não percebo......placebo para minhas angustias, tristeza afirmando minhas alegrias......arremedo de palavras mal ditas, mal escritas, clamando pela juventude que se esvai////i'm realy in me......tell me a truht!!!!...... nãohouvemundoantesdomundo/////ñhaveramundonuncamais... as fantasias de criança se tornarão as fantasias q os pedofilistas roubarao das infancias.... filhas globais criaturas neo liberalistas, aditas de cancer e neo sociopatias////i luv u momy!!!!!!....sera apenas o q nega o vicio eh a nescecidade de açúcar,,,,colonial mentality......1.2.3!Go!//////4SSH0L3!!!!!!///////fome e miseria alimentando o imperio, subdesenvolvimento alimentando a riqueza da maquina de estado do conquistador, negando humanidade aos povos, impondo a propalada supremacia judaico cristã, povos dizimados em nome da gloria de um deus avido por ouro e comodities....escrotidãocolonialista......god saves the sovereign vanity ! agua prá beber, karcarah prá mata e cumeh!!!!!...o jornal nacional e a canibalia em panico diante daTV,,,,,,psicóticos desprezando a alma, negando com skinner e pavlov, o q move cada um a ser o q inevitavelmente tentamos curar.....teel me brother u realy have a soul?.....ou ela se seca como o céu da boca com o gosto da sacarina sodica invadindo o sangue deformando o hálito com seu residuo amargo?????.....eh agua prá beber karcarah eh água pra destilar a gota na colher....i'm still hungry!.....profiteroles e sorvete de baunilha junto com vermes naufragos em vomito...who knows my voice?..ahraruh:>AhrahruH!!!!!!.....scarred soul!!!!!/////os jornais já não estampam mais o amarelado vaticano e as vicecitetudes papais....is the god of nothing......blessed and forgiven!!!....how we dance around the bacterium bang ??????....e no show da produção todos de touca adoecem de L.E.R repetindo o movimento de empilhar em espetaculo produtivo o beneficio do proprietario paridor de trabalho forçado...show da vida; espetaculo da servidão voluntaria.....gritos em ouvidos surdos, fazem-nos escutar a permanencia dos q querem conservar a tradição, o chicote cria a lei de produção e silencia a evolução do trabalho e o direito ao ócio......todos geram a riqueza ao um e o um gera miseria a todos....o que produz carece do q produz, padece pela ma articulação dialética.....navega entre desenganos e promessas de dias melhores inatingiveis como os horizontes q dividem o ceu e a terra....alone!.....em qq lugar feito homem bola rolando por escadas espirais em mosteiros medievais...ahraruh abadá!!!!...so brincadeira sonora em meio a frases descrevendo anarquicamente a trajetória da degeneração historico genetica da nossa especie......olhos distantes q naum enxergam de perto por falta de lentes e vontade de perceber o q passa-se em volta....lingua culta e a linguagem do colonizador q finge passar-se pelo libertador mistificando a verdade conforme a necessidade; aviltando de povos ancestrais; ritos e a tradição oral pela imposição da sua fonética q enrola a lingua criando os neologismos de linguagem vulgar......tornando-nos incomuns em seu linguagear diferenciado e pseudo articulado da logika colonial......eat it!!!!////you don't have choice: swallow this![]s......a dominação requer a morte de nossos desejos e a aceitação de khulturas impostas, a dismitificação de nossas crenças pela mistica miseravel do dominador, batismo dos q nunca estiveram em pecado e q sequer comeram de garfos.....movimentos desajeitos desperdiçando comida na toalha de renda portuguesa enquanto a matriarca rabuja a cerca da sujeira e do trabalho de limpar e alvejar as manchas, desprezando a lambança em nosso tecido cultural......e por vingança daremo-lhes gerações de mamelucos, cafusos e mulatas.......macunaimas regurgitando a carne de suas pernas......yaras à seduzi-los para afoga-los pelos canticos de nossas lendas na profundeza de nossos rios e alagados.....seasick navigating for the rivers of life////a independencia não nos retornara ao estado de latencia, somente a desobidiencia e a reinvenção antropofagica resgatara nossa essencia...negando a dominação e os axiomas impostos com o sangue, suor e lagrimas dos antecessores de nossa infelicidade cosmopolitana....lost voyeurs in erotic amnesia observando big brothers desfiando seu tecido personal pela moeda q os tornara colonizadores de colonizados, senhores de escravos dos escravos.....maybe a tattooed millionaire!!!!!

Nenhum comentário: