quarta-feira, agosto 18, 2010

Menino



Um menino,
tem fome de sexo,
drogas e, expectativas
que não consegue construir.

mais um que...

olha ao "Que".
E não pode desejar...
mesmo assim, não
reclama da dor.

Exaspera-se!
no delírio famélico.
Entre a autofagia e a falta,
das sapiências embrionárias.

Um menino que não,
tem tempo para orar,
só o delitivo da fome
à realizar.

Fome de Mãe?
Fome de que,
Menino?

4 comentários:

Keila Costa disse...

ah...fome de mãe...essa fome é eterna...

Nina Blue disse...

Fome de desejo nãi saciado...

Sara_Evil disse...

O menino é uma cena urbana,
um garoto vitima de sua miséria comendo um prato de arroz, macarrão, feijão e uma almondega, cedidas pelo Fred e sua Mulher a um famélico garoto, humilde menino sem a rebeldia assustadora...só um menino com fome mais um lenda urbana....suspirando a matar a fome que o destruia...cena urbana...um anjo entre nós!

fiquei matutando o dia inteiro essa cena, na noite ela saiu de mim evaporando pelo meio-ambiente!

Nina Blue disse...

Sara, querer um prato de comida quando se está com fome, é com certeza também desejo. O desejo tem várias maneiras de se apresentar, só isso.