segunda-feira, junho 05, 2006

bREATHLESS....( a short tale 'bout to the boring of death!)..



Quase sem folego com essa cara enfiada no aquário, namorando o peixe de feira-livre di domingo, ladeira acima, ladeira abaixo, livre de agrotóxicos enquanto, piranhas
geneticamente miniaturizadas esfolam-me o nariz....ih! acho que comi, "Wanda"!....quase congelado pelo gelo de suas emoções, vivenciei minha bronquite; inimiga de um ácaro mortal...não respirei; estes ares, não senti o gosto da comida , não pixei o cozinheiro.....não desejei que ninguem fosse a merda...só me senti oprimido pela falta do ar... que não entra nos pulmões, ....pelo o nariz.....só de sakanagem fiquei assim, alérgico a esporos e fungos; só quero um pouquinho de ar... não, se perca na bruxaria de mim ter, não perca seu tempo com coisas tão banais... expeli meu mau humor.....feito farpas de um porko espinho ....feito leitões que sabem que vão virar karnes em sopas di feijão...se, não forem empalados! E, servidos com batatas assadas e uma maçã entalada na boca ....desta vez à pururuka!..ou; talvez de outra maneira menos kalórika!com muita salada..mas, ainda frito!

Air Guitar:
It's fucking borin' to death!
De Falla

I gonna loose my will!..

II

"in the desert we don't
need a name!!!!"

Nenhum comentário: