quarta-feira, outubro 25, 2006

Texto para colecionar quinquilharias e expulsar esqueletos do armário

- A quem pertence o conhecimento?....Suponho a humanidade, ou se preferir d'uma-unidade é tudo humano, tudo igual, cumplicidades que identificam idéias, calam a pulsão cruel do coração, tatuam-se num estudio suburbano...posam de artistas ocasionais, dizem palavras mitificando o mito da pele....de outros lados o poema pinta-se de rosa ao azul que traduz o céu!...{Viceraliza-se}.....testemunha-se, céus incriveis! ....qual a palavra no texto que traduz os anjos que nos calam profundamente, saindo à francesa sem falar nada, sem marcar território?....qual a verdade no meio desta mentirada?.....sometimes i think blue, e, não mais me importo com as abelhas mortas sobre o bolo...sugar blues..grudadas no glacê.... gordurosas & corrosivas para o deleite de palatares, bi-celulares......pallas cumprindo seu papel mitológico para que antropológos se ensandeçam com a possilidade do colapso nervoso & um anti bang...fatal...revelando ao mundo, o que virá!....surto obscuro no meio da manhã...pandemoniuns...palavras que nunca mais lerei no seu blog.....a canção é boa e o verbo flui delicado...sussuro de amantes teclando, fantasias...palavras universais à orelhas alheias....quimeras sussurando fonemas de qualquer maneira...mentes binárias desafiando o genoma etéreo...outras palavras de novo, no meio dos outros plágios de quando o óbvio pareceria-nos ter sido só......perda de sentido.....desorientação libidinal...seek'ng for tomorrow's parties!

Air Guitar:
With A little Help From My Friends
Joe Coker - Woodstock.


Say, me; a emotional jihader:
- Reinventar o Imaginário!

ii

\ - "Aperriar, Os Demônios,
Que Habitam as Catedrais!"/.

Nenhum comentário: